Meet the World

Esta campanha já rolou há bastante tempo, foi desenvolvida pelo designer brasileiro Icaro Doria, que então trabalhava na revista portuguesa Grande Reportagem, e ganhou notoriedade, repercutiu mundialmente, foi citada milhões de vezes e coisa e tal.

Eu gosto bastante de infográficos e coisas do tipo, que apresentam dados usando elementos atrativos a quem os lê e, normalmente, inserindo-os em meio a imagens e coisas que os tornem mais divertidos e fáceis de assimilar. No caso, as bandeiras foram tão bem escolhidas como imagem que não tinha como falhar. Utilizá-las como gráfico é, certamente, um grande trunfo. E se torna um elemento muito mais impactante, fugindo do corriqueiro. Na minha opinião, o uso é perfeito.

Mas somente como forma de imagem, e não como dados reais. Obviamente eles não condizem exatamente com o gráfico. Vendo a bandeira do Brasil, por exemplo, concluímos que a maior parte da população vive com menos de $1 por dia, quando, atualmente, apenas cerca de 4,7% da população brasileira realmente vive nessas condições.

Como campanha, Meet the World cumpre bem o seu papel: prende a atenção do leitor, é provocativo e gera discussão. E acho que isso faz com que os dados informados nos cantos das bandeiras sejam, na verdade, relevantes, já que eles são falsos. Não tiram o mérito do trabalho, mas podem fazer brotar idéias errôneas na cabeça de pessoas que não conhecem alguns dos países exibidos.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s