A arte macabra de Kris Kuksi

Escultura "The Deadly Sins" de Kris Kuksi

A biografia no site do artista Kris Kuksi conta que ele vem de uma família desestruturada, com pai ausente e padrasto alcoólatra, morando no meio do nada. Não é de se surpreender que a imaginação de Kris tenha criado tais figuras, inspiradas pelo ambiente negativo em que passou a sua infância. Além disso, o artista também pretende, com seu trabalho, criticar a humanidade e seu meio de vida, seus desejos e ambições, e mostrar, de alguma maneira, que, no final, tudo fica congelado na morte e no sono eterno.

There is a fear of this consciousness because it drops in upon us without mercy, and yet there is a need to appeal to it in order to provide a sense of security, however deluded that sense may be.

Apesar do tema pesado e das composições fantásticas e medonhas, as esculturas de Kris geram fascinação, alimentada por um fundo de medo e apreensão mas, principalmente, por muita curiosidade. É natural do ser humano querer saber como é o mundo post mortem, por mais que isso o cause estranhamento, e o trabalho de Kris atrai o olhar exatamente por personificar este tal “mundo”. Ele o faz da mesma maneira que fez a igreja católica ao criar o inferno (não pretendo entrar mais fundo neste assunto, por enquanto). O estilo barroco e a temática fantástica também ficam bem claros dado o fato de o artista usar diversos personagens e cenários mitológicos e bíblicos.

Escultura "Adoration of the Magi" de Kris Kuksi

Detalhe de "Eden" de Kris Kuksi
Escultura de Kris Kuksi
Ilustração de H.R. Giger
Ilustração de H.R. Giger

Eu falo, sem problemas, que não gosto destas esculturas. Não são o tipo de arte que me atrai mas, ainda assim, elas são excelentes na questão de composição, técnica e acabamento. São lindas na maneira como são medonhas! Inclusive, elas me lembram muito as ilustrações do artista surrealista H.R. Giger, este que dispensa qualquer comentário (apesar de que eu também não gosto da arte dele).

Se vale a pena olhar a galeria da arte de Kris Kuksi? Definitivamente, sim. Por mais que isso signifique somente matar um pouco dessa sua curiosidade mórbida. Uma coisa que eu gostaria muito mesmo de saber é o processo de criação e produção destas esculturas… ah, isso seria muito legal de saber.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s