Minha opinião sobre esse negócio da Luiza

Pronto! Finalmente este assunto da Luiza chegou até mim. Pode me chamar de alienado ou qualquer coisa que você quiser, mas eu não fico ligado às redes sociais e estava totalmente por fora deste assunto. A primeira vez que ouvi falar da tal da Luiza, foi uma colega de trabalho que falou e eu achei que ela estivesse falando de alguma amiga nossa em comum – pff, mal sabia eu! Bum, de um dia pro outro, eu passei a notar essa nova moda de “está no Canadá” e, de repente, as empresas estão fazendo propaganda com a frase, com o pai da menina e, agora que ela voltou, com ela também.

Eu dou graças a Deus por não ter feito parte de nenhuma dessas conversinhas, piadinhas e quaisquer coisinhas que vocês andaram vendo por aí mas, como a história acabou chegando em mim, principalmente porque a TAM fez uma jogada, a Vivo e outros*, um comercial e, inclusive, vi notícias nos telejornais, quero dar a minha opinião também:

Ainda acho que existem alguns limites para o que é passageiro e o que é realmente importante. Alguém achou engraçado o pai da menina mencionar que ela estava no Canadá e decidiu fazer piada disto e, como nada anda devagar na internet, por algum motivo que eu ainda não consigo entender, a frase virou meme, e a menina que nada tinha a ver com isto, acabou virando (odeio esta palavra) celebridade da internet. Celebridade da internet? Sério?

Não tenho problema nenhum com memes, até acho que um ou outro é engraçado… mas o que me incomoda é que este foi tratado como algo muito maior e mais importante, tanto é que tem empresas fazendo propaganda com isto! E pra piorar, o povo transforma UMA FRASE em notícia, banca a passagem da menina de volta para o Brasil, vai transmitir a chegada dela no aeroporto ao vivo, faz entrevista, matéria, artigo em jornal, enredo de escola de samba e até convida a menina para desfilar no SPFW! Credo, cara! Será que tudo isso é tão necessário para um bando de sanguessugas chamarem a atenção?!

Sério, até camiseta?

Quero dizer, semana que vem, a matéria chave do Fantástico vai ser aquele video dos gatos do eHarmony? Uma coisa é passarem alguns dias fazendo graça na internet, outra é fazer disso notícia.

A gente já se afunda na ignorância com programas como Ratinho e Big Brother, e até em alguns jornais de segunda categoria, mas “menina volta pra casa” já parece desespero, para mim. Uma coisa é dizer que se está “antenado” e ligado às redes sociais e à internet, outra é essa bagunça toda. E não terá sido a última vez. Tem uma ótima opinião para ler neste link.

Ah, e que fique claro que meu problema não é com a Luiza, ok? Meu problema é com o que as pessoas transformaram esta história toda.

* a única ação que eu achei divertida de verdade foi a da Magazine Luiza, que tirou o nome Luiza da fachada da loja.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s