Desenhando com uma máquina de pinball

01

O estudante holandês Sam van Doorn resgatou a velha máquina de pinball e transformou-a em um instrumento de arte: uma máquina que desenha a trajetória da bolinha. Com o nome de STYN, é como num jogo comum de pinball, só que a bola é cheia de tinta e vai riscando um cartaz colocado sobre a superfície da máquina.

Cartaz com padrão impresso
Cartaz com padrão impresso

Antes de iniciar cada jogo, é colocado um cartaz com um padrão impresso. Seguindo este padrão e usando bandas elásticas, você pode estruturar a “área de jogo” da maneira que preferir, ou seja, pode usar a mesa inteira, ou limitar seu espaço a uma área determinada. Isso possibilita criar infinitamente… além disso, Sam afirma que, quanto melhor o jogador, mais bonitos os padrões de desenho – isso é claro, levando em consideração que um bom jogador controla melhor os flippers e joga a bolinha exatamente aonde quer.

05

Você pode dizer que isso não é arte, mas pense bem… não é mesmo? Arte não é expressão, e em um jogo de pinball (como qualquer outro) não existe emoção? Ver a bolinha vindo em sua direção não faz seu coração bater mais forte? Então sim, deste ponto de vista, consideraremos STYN um instrumento de arte.

02 03

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s