Coletivo ZERO pede respeito ao trabalho criativo

Quem atua na área criativa, em algum momento de sua vida profissional, irá encontrar aquele cliente que não entende que o que a gente faz é trabalho (embora a gente se divirta com isto), consome tempo e exige conhecimento teórico e técnico, e irá pedir aquele “loguinho” ou “flyerzinho” de graça. Na Itália, o coletivo ZERO iniciou uma campanha para estimular o respeito pelo trabalho criativo.

Três vídeos colocam um encanador, um jardineiro e um eletricista na pele de um profissional criativo, que têm que enfrentar os mesmos problemas e desculpas esfarrapadas do cliente que não quer pagar – e que oferece como “pagamento” a divulgação do trabalho, ou diz que o profissional deveria ficar feliz com a oportunidade de participar de um projeto único.

O slogan #coglioneNo resume a história: “Sou um criativo, não um idiota”. Esta campanha precisa ir para a TV do mundo inteiro e passar incessantemente até todo mundo entender. Assista aos vídeos e não se esqueça de colocar legendas, ao menos que você fale italiano:

Por histórias como estas é que os designers se esforçam tanto pra fazer as pessoas entenderem que nosso trabalho não é apertar botão e o computador faz a mágica dele sozinho, precisamos que os clientes deixem de ser ignorantes quanto ao trabalho do profissional criativo… foi o que eu disse em novembro passado:

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s