Como escrever corretamente no mundo digital

Se você acompanha meu blog, sabe que uso sempre o estilo itálico* para palavras estrangeiras, como “blog”. É a maneira correta de escrever palavras estrangeiras – e eu me esforço para escrever corretamente e manter uma boa qualidade nos meus textos. Porém, “blog”, “site”, “internet” e tantos outros termos estrangeiros se tornaram tão comuns no nosso dia a dia, que agora fazem parte do nosso vocabulário.

Se você também se importa em escrever a grafia correta destes estrangeirismos, já enraizados em nosso mundo tão profundamente digitalizado, veja um guia simples após o jump:

On-line e Off-line

É comum vermos por aí escritas as palavras online e offline, eu mesmo escrevo assim. Embora estejam presentes no dicionário de língua inglesa, online e offline não são reconhecidas pela Academia Brasileira de Letras. A maneira correta de escrever, aqui no Brasil, é on-line e off-line.

E-mail

A palavra vem de electronic mail, e a grafia é a mais usada em publicações de língua inglesa. A Academia Brasileira de Letras concorda que o mais aceito é usar e-mail.

Pen drive

Embora os termos pendrive e pen drive ainda não sejam encontrados nos dicionários de língua portuguesa, os dicionários de Cambridge e Oxford trazem o termo escrito separado.

Tuíte

De acordo com o dicionário Aurélio, o verbo to tweet ganhou sua versão brasileira: tuitar. Vá sem medo e use os termos tuíte e retuíte na internet.


Abaixo você confere quais são os estrangeirismos que não precisam mais de itálico ou de aspas no Brasil (fonte: Infobase Interativa):

  • Antispam
  • Backup
  • Banner
  • Blog
  • Branding
  • Briefing
  • Broadcast
  • Browser
  • Byte
  • Chat
  • Checklist
  • Clipping
  • Copyright
  • Data Center
  • Deadline
  • Design
  • Designer
  • Desktop
  • Display
  • Download
  • E-book
  • E-mail
  • Expert
  • Expertise
  • Fax
  • Feedback
  • Flash
  • Freelance
  • Freelancer
  • Gadget
  • Game
  • Gigabit
  • Gigabyte
  • Hacker
  • Hardware
  • Hotsite
  • Hyperlink
  • Insight
  • Jingle
  • Joystick
  • Know-how
  • Laptop
  • Layout (embora seja preferível usar leiaute)
  • Lead
  • Link
  • Log in
  • Log off
  • Macintosh
  • Marketing
  • Media (prefira mídia)
  • Merchandising
  • Mini-system
  • Modem
  • Mouse
  • Network
  • Nobreak
  • Notebook
  • Off-line
  • O.k.
  • Ombudsman
  • On-line
  • Outdoor
  • Palmtop
  • Pen drive
  • Pixel
  • Poster (prefira usar pôster)
  • Première (prefira estreia)
  • Press-release
  • Quantum
  • Ranking
  • Recall
  • Record (prefira recorde)
  • Release
  • Replay
  • Scanner (use o verbo escanear)
  • Shopping
  • Site
  • Slide
  • Slogan
  • Software
  • Smartphone
  • Spam
  • Staff
  • Stand-by
  • Status
  • Status quo
  • Storyboard
  • Tablet
  • Telemarketing
  • Ticket
  • Upgrade
  • Upload
  • Up-to-date
  • Videobook
  • Videogame
  • Videomaker
  • Web
  • Webmaster
  • Wi-fi
  • Workaholic
  • Workshop
  • Yuppie
  • Zoom

Resumindo, basicamente todas as palavras estrangeiras que eu uso nos meus textos não precisam mais de itálico, o que é ótimo, porque gastarei menos tempo para escrever. 🙂

*O itálico tem este nome por motivos históricos, já que os caracteres minúsculos em itálico lembram a escrita cursiva, cujo berço é na Itália.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s