Vídeo

Caligrafia feita com luz, por Julien Breton

O francês Julien Breton, também conhecido como Kaalam, começou a mexer com caligrafia em 2001, inspirado por calígrafos árabes. Auto-didata, passou a viajar o mundo e produzir fotografias de longa exposição em que escreve usando um bastão de luz como pincel.

O obturador da sua câmera fotográfica fica aberto de 30 segundos a até vários minutos, dando a Julien tempo suficiente para desenhar cada caractere que, se a primeiro momento parece que ele só movimenta os braços no ar, são revelados quando a exposição se encerra e a imagem é processada na câmera.

julien-breton-lexil

Não só é preciso conhecer a caligrafia árabe, mas também ter uma noção impecável de espaço e tridimensionalidade, para que cada “pincelada” seja feita no lugar certo, caso contrário a palavra fica descaracterizada. É um trabalho muito bem feito.

Neste link tem um documentário, da emissora de TV Al Jazeera, que mostra mais da técnica e processo de Breton; o único empecilho é ser em francês e legendado em árabe.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s