Imagem

A arte monstruosa de Jim Phillips

Embora uma das maiores frustrações da minha vida seja nunca ter aprendido a andar de skate, mesmo depois de inúmeras tentativas, eu meio que cresci rodeado pela cultura e visual skater – mesmo antes do fenômeno Tony Hawk’s Pro Skater – já que ela estava presente em muito do que se fazia nos anos 90.

Jim Phillips foi um dos caras que ajudou a moldar esse visual. Nascido na California, ele viveu a maior parte de sua vida em Santa Cruz, lar da famosa marca homônima de skates, cuja identidade visual provém, e muito, do estilo do artista, que se tornou sinônimo da cultura skater americana.

jim-phillips-1
Jim Phillips e sua arte “Face” em uma prancha de surf

jim-phillips-handEmbora sua ilustração mais icônica seja a “Screaming Hand”, que comemorou 30 anos ano passado, o trabalho de Jim que mais gosto e melhor se fixou na minha memória foi “Face”, um rosto monstruoso criado para o skatista Rob Roskopp.

Seu estilo é assim: monstruoso, melequento, surrealista. Dá para comparar com o trabalho de outro artista lendário do qual também sou fã, Ed “Big Daddy” Roth, expoente da Kustom Kulture e criador do personagem Rat Fink.

Ontem eu comprei um shape da Santa Cruz com outro dos desenhos mais famosos de Jim Phillips: é o “Slasher”, que ele criou nos anos 80 para um dos maiores profissionais da marca na época, Keith “Slasher” Meek:

jim-phillips-slasherjim-phillips-3jim-phillips-2jim-phillips-4

 

 

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s