Imagem

Estas páginas pertencem a um catálogo de cores do século XVII

Há alguns anos publiquei aqui no blog uma matéria sobre os primórdios da teoria da cor no século XVIII, que prova que o conhecimento passado até hoje já é bem antigo, mas este livro aqui dá conta de ser ainda mais velho!

Publicado por um artista holandês conhecido como A. Boogert em 1692, este livro sobre a mistura das cores, intitulado “Traité des Coleurs Servo à la Peinture à l’Eau”, possui um guia de mais de 700 páginas de cores e tintas, provavelmente a publicação mais abrangente da época. Nele, há inúmeras amostras de cores, descrições e até instruções para criar certos matizes e alterar o tom adicionando água.

O historiador Erik Kwakkel, especialista em livros medievais, traduziu parte da introdução, concluindo que se trata de um guia educacional. Considerando que o século XVII foi a Era de Ouro da pintura na Holanda, este livro poderia ter sido um sucesso, caso tivesse chegado às mãos dos artistas – Kwakkel sugere que isto jamais aconteceu. Por ser um exemplar único, escrito à mão, pouquíssimas pessoas terão a oportunidade de vê-lo de perto, na Bibliothèque Méjanes, onde se encontra.

Se quiser saber um pouquinho mais sobre cores, dá uma olhada neste post sobre o Straus Center em Harvard, um laboratório dedicado ao armazenamento de pigmentos antigos.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s